Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

26 de maio – Dia Mundial da Esclerose Múltipla

Consulta Neurologista Medical Cidade Operária

A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença neurológica, crônica e autoimune, ou seja, as células de defesa do organismo atacam o próprio sistema nervoso central, provocando lesões cerebrais e medulares.

Embora a doença ainda seja de causas desconhecidas, a EM tem sido foco de muitos estudos no mundo todo, o que tem possibilitado uma constante e significativa evolução na qualidade de vida dos pacientes, geralmente jovens, e de modo especial mulheres de 20 a 40 anos. A Esclerose Múltipla não tem cura e pode se manifestar por diversos sintomas, como por coordenação motora, dores articulares, disfunção intestinal e da bexiga.

Sintomas mais comuns da Esclerose Múltipla

  • Fadiga
  • Alterações Fonoaudiológicas
  • Transtornos Visuais
  • Problemas de Equilíbrio e Coordenação
  • Espasticidade
  • Transtornos Cognitivos
  • Transtornos Emocionais
  • Disfunção erétil nos homens.
  • Diminuição de lubrificação vaginal nas mulheres.

A Esclerose Múltipla não é doença mental, não é contagiosa, não é suscetível de prevenção, não tem cura e seu tratamento consiste em atenuar os sintomas e desacelerar a progressão da doença.

O diagnóstico da esclerose múltipla pode ser, inicialmente, feito por um clínico geral, em caso de confirmação, o paciente é encaminhado para o médico neurologista que é o profissional mais adequado para tratar pacientes com essa doença.

Existe uma série de doenças inflamatórias e infecciosas que podem ter sintomas semelhantes ao da Esclerose Múltipla. O mais importante é integrar conhecimento médico e história de vida do paciente, além de realizar exames físicos, exames de imagem, laboratoriais e neurológicos para auxiliar no diagnóstico.

A esclerose múltipla atinge cerca de 2,5 milhões de pessoas no mundo. A doença não tem cura, mas os tratamentos podem ajudar a controlar os sintomas e reduzir a progressão da doença.

DR. EULER SAUAIA

Principais características

  • Esclerose múltipla é uma doença inflamatória, progressiva e autoimune que afeta o cérebro e a medula
  • Mais comum entre jovens e mulheres, pode manifestar-se em qualquer idade, até na infância
  • Seus sintomas variam e os mais comuns são problemas na visão, movimentos e desequilíbrio
  • Embora não tenha cura, as terapias disponíveis controlam surtos e o avanço da EM
Esclerose Múltipla Medical Cidade Operária
Foto: Reprodução
Vamtam
Vamtam

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipiscing elit dolor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *